Plascore e WMU — Uma fórmula vencedora

Estudantes projetam um atenuador de impacto com honeycomb de alumínio da Plascore

A Plascore fornece uma gama completa de barreiras deformáveis e núcleos esmagáveis certificados, bem como configurações de honeycomb sob encomenda para uma ampla gama de aplicações de absorção de energia. O núcleo honeycomb de alumínio da empresa é o absorvedor de energia ideal. Ele possui alta razão de resistência ao esmagamento pelo peso, uma curva de força linear com uma carga constante e absorve energia durante um longo curso. Basta perguntar aos alunos da Western Michigan University (WMU) em Kalamazoo, Michigan.

Saindo das últimas colocações para a metade superior do grupo em questão de três anos, a equipe WMU Formula Racing compete entre as melhores escolas do mundo deixando sua marca no mundo da SAE (Society of Automotive Engineers). Composta por 20 estudantes de engenharia, a equipe WMU Formula Racing projeta e fabrica a partir do zero um pequeno carro no estilo de corrida a cada ano. A equipe corre nos eventos de Fórmula SAE, sancionados pela Society of Automotive Engineers International e nos eventos da Sports Car Club of America (SCCA). A oportunidade permite que os estudantes de engenharia apliquem o que aprendem em sala de aula em um projeto real.

Os eventos são realizados em todo o país, incluindo a Fórmula SAE Virginia e a Fórmula SAE Michigan, autocross individual da Sports Car Club of America (SCCA), dois eventos na região noroeste de Ohio e o Great Lakes Divisional Championship, disputado em Peru, Indiana. A WMU encerrou a temporada de 2009 como uma das cinco equipes da Fórmula SAE no Tire Rack SCCA Solo National Championships de 2099 em Lincoln, Nebraska.

As regras e regulamentos sancionados pela SAE são fortemente baseadas na segurança do veículo. Um critério importante é a exigência de um atenuador de impacto (essencialmente o pára-choques frontal do carro). O atenuador de impacto precisa fornecer uma desaceleração média do veículo, para não exceder 20g com um pico máximo no mínimo de 40g, ao bater em uma barreira a uma velocidade de 7 m/s no momento do impacto. É aí que WMU Formula Racing faz sua parceria com a Plascore. A equipe começou a trabalhar com a Plascore em 2007, para obter vantagem da tecnologia honeycomb de absorção de energia de peso leve. O aluno Brian Doorlag da WMU declarou: “Fiquei impressionado com a resistência ao esmagamento certificada do honeycomb da Plascore. Ao projetar nosso atenuador de impacto, só precisei fazer alguns cálculos simples de engenharia e os resultados dos testes saíram quase exatamente ao que foi calculado com base nas tolerâncias definidas pela Plascore.” Nos eventos de Fórmula SAE, a equipe recebe notas com base em seus relatórios, que detalham a engenharia dos atenuadores de impacto. No ano passado, a WMU ficou perto de receber notas perfeitas pelo uso do honeycomb da Plascore no seu projeto.

race car body